0  
Você tem 0 item(s) no seu carrinho
A AVALIAÇÃO MERCADOLÓGICA  DO ENGENHEIRO E A DO CORRETOR DE IMÓVEIS: QUAL A DIFERENÇA?


Compartilhe esse post:
Novo Comentário

Comentários


  1. Consideraçoes

  2. Muito importante as considerações!

  3. edizety
    26/03/2021
    Responder

    Tanto a perícia quanto a avaliação, podem não ser estritamente mercadologia e aí sim entra a capacitação do engenheiro em detrimento do corretor de imóveis. A AVALIAÇÃO TÉCNICA determina a condição construtiva do imóvel, definindo e avaliando não só vícios construtivos como também sua segurança enquanto edificação. Esta sim, deve ser realizada privativamente por engenheiros ou arquitetos, dependendo da edificação. Um corretor de imóveis, jamais poderá avaliar ou periciar tecnicamente um Viaduto, uma ponte ou qualquer outra edificação. Nesta disputa de mercado que se estabeleceu, via IBAPE, entre engenheiros e corretores de imóveis, no que tange a perícias e avaliações, jamais foi considerada a diferença entre avaliação ou perícia técnica e mercadológica. Nos cursos de engenharia e arquitetura, não existe em suas grades curriculares uma matéria referente a estudo do mercado imobiliário, portanto, fica claro ser esta uma expertise do corretor de imóveis que vive em seu dia a dia o mercado imobiliário. Em minha opinião este argumento é forte, pois as diferenças existem e são gritantes. Os corretores de imóveis tem se especializado e isto os tem colocado no topo da preferência. Edi de Mendonça Filho, Belém/PA 26.03.2021.

Projetado por Tácita

Desenvolvido por Albertone Costa